Euro 2008, Grupo C

O Holanda – Itália de hoje é capaz de ter sido o melhor jogo do Euro até agora, ou pelo menos o mais empolgante. Especialmente pelo futebol holandês perante uma Itália praticamente irreconhecível, embora não seja menos verdade que os italianos têm razões de queixa no primeiro golo. (Edit, 10-06-2008: afinal o golo é legal)

E como a França também desiludiu ao empatar com a Roménia, da jornada de hoje sai como grande vencedora a Holanda que será agora a favorita para ganhar o grupo.

Itália

Os italianos são os novos campeões do mundo. Merecidamente, digo eu. Apesar de terem tido um caminho mais fácil até às meias-finais, jogando contra Austrália e Ucrânia, mostraram no jogo contra a Alemanha, por exemplo, todo o seu valor.

Alguns lamuriam-se por ter ganho uma equipa defensiva. Eu próprio também não tenho sido grande adepto do futebol da selecção italiana nos últimos anos mas, não sei porquê, neste mundial fiquei convencido.

Futebol defensivo mas de categoria. Bella Italia.

Ciau!

Mais uma favorita a caminho de casa. Depois da Espanha é a vez da Itália fazer as malas e rumar a casa. Contra todas as previsões os dois apurados deste grupo são as equipas nórdicas, Dinamarca e Suécia.

Enquanto que a Dinamarca já sabe que vai jogar os quartos-de-final com a República Checa, a Suécia fica à espera do desfecho do grupo D para saber o seu adversário. Alemanha, Holanda e até a Letónia lutam pelo segundo lugar desse grupo e pela última vaga nos quartos-de-final.

A Suécia e a Dinamarca são no meu entender justos apurados que mostraram argumentos para deixar a Itália para trás e que só se pode queixar de si própria.

Este grupo vai ficar marcado pela polémica dos pontos. Havia a suspeita que no jogo do Bessa se pudesse jogar para o empate a 2 bolas. Acabou por ser este o resultado, mas, e eu segui este jogo com mais atenção que o da Itália e, tenho muita dificuldade em acreditar que tenha sido um resultado fabricado.

Ainda para mais, o 2-2 não garantia o apuramento às duas equipas. Se a Suécia estava mais descansada por causa de ter um bom goal-average fruto da goleada à Bulgária, a Dinamarca mesmo com este resultado podia ter sido eliminada. Bastava que a Itália tivesse marcado mais um golo e tivesse ficado com a mesma diferença de golos e número de golos marcados. Se isto acontece o desempate seria feito através do “desempenho no apuramento para o Campeonato do Mundo de 2002 e UEFA EURO 2004”, onde a Itália tinha vantagem. Pode-se dizer que Itália foi eliminada por um golo.

Ranking e coeficientes das duas equipas como pode ser visto aqui.

05. 2.313 – Italy

11. 2.056 – Denmark