Grécia, já foi.

Portugal ainda tem que ajustar contas com a Grécia, e eu preferia que estivéssemos directamente ligados à sua eliminação, mas não deixo de ficar contente por não termos que aturar mais aquele futebolzinho. Ficou demonstrado que o Euro 2004 foi mal ganho e que a Grécia foi a campeã da Europa mais fraquinha da História (e nós não lhe conseguimos ganhar).

Bring it on!

Já se conhecem dois dos jogos dos quartos de final do Euro. O adversário dos Portugueses será a forte Inglaterra, enquanto que a França será a adversária da Grécia.

Os ingleses parecem neste momento um adversário mais complicado do que a selecção francesa mas o nosso futebol ao seu melhor nível (como parece que estamos agora a jogar) é bem capaz de derrotar os britânicos. Por isso: “Bring it on, England!”

O outro quarto de final vai ser bastante interessante. A Grécia está com a moral em alta e a França está claramente muitos pontos abaixo do seu potencial. Os franceses vão ter que sofrer para seguir em frente.

Mais um sorteio

Amanhã é o sorteio para a fase de qualificação do Mundial de 2006. Portugal sai como cabeça de série por isso não há muita coisa para ter medo neste sorteio. Algumas boas equipas podem calhar no grupo de Portugal mas pelo menos evitamos os colossos.

Se “evitarmos” a Holanda (e talvez a Grécia) teremos um grupo bastante acessível e a presença na Alemanha deverá, se tudo correr bem, ser uma realidade.

Sorteio Euro 2004

Ficámos ontem a conhecer os adversários de Portugal na fase final do Euro 2004. Vamos jogar com gregos, russos e espanhóis. Não é um grupo fácil mas parece-me que é perfeitamente possível passar aos quartos-de-final.

Há contudo alguns aspectos que devem ser tomados em conta. Em primeiro lugar jogámos recentemente com duas das equipas do grupo e não ganhámos nenhum. Por outro lado duas das equipas (Espanha e Rússia) não conseguiram apuramento directo para o Europeu tendo que jogar o play-off.

Os primeiros e os últimos jogos são, a meu entender, os mais importantes. No jogo com a Grécia uma vitória pode lançar Portugal para uma fase de grupos descansada. Espero que Portugal chegue ao jogo com os espanhóis já com a qualificação resolvida, mas, mesmo assim, uma vitória contra “nuestros hermanos” (nuestros salvo seja, que eu não conheço nenhum espanhol nem tenho lá família) pode fazer a moral subir consideravelmente para os quartos de final. E tendo em atenção que os quartos serão jogados contra um dos apurados do grupo da França e Inglaterra (a não ser uma destas equipas será uma equipa que “eliminou” uma destas) toda a moral é pouca.

Nota final para a bola do europeu que me parece bem bonita, com um design muito bem conseguido (das qualidades técnicas não falo porque aí o meu conhecimento é nulo) e fico muito contente por ter um nome em português.

Fim-de-semana de bola

Fim-de-semana de bola. Começou a selecção sub-21 por perder um jogo que podia ter ganho. Ninguém me convence que a nossa selecção de esperanças não tem um plantel de fazer inveja a muitas selecções A por esse mundo fora (se calhar até à portuguesa). As coisas não correram bem e frente a uma selecção que também é muito forte naturalmente surgiu a derrota. Vai ser difícil a recuperação a jogar fora mas penso que temos valor para isso.

Já os seniores (só) conseguiram um empate frente à selecção grega (aquela que relegou a Espanha para os play-offs). Portugal não jogou mal, talvez ainda se esteja longe do desejado mas neste jogo os portugueses já conseguiram criar algumas boas ocasiões de golo. Só falta concretizá-las.

E por fim o Porto, que ganhou 2-0 ao Barcelona B. Não posso fazer grandes comentários porque não tive oportunidade de ver o jogo. É mais um estádio para o Euro 2004. Toda a gente diz que o estádio é bonito, a mim parece-me que… é arejado.