Champions League

Image hosted by Photobucket.com

Que grande final! A minha equipa italiana preferida de um lado, a minha equipa inglesa preferida de outro. Talvez pelo seu estatuto de “underdog” eu preferisse uma vitória do Liverpool. Mas também não me importaria se a vitória sorrisse ao Milão e a Rui Costa.

Depois um hino ao futebol. 45 minutos para cada equipa mostrar o melhor que sabe fazer. Poucos acreditariam que depois de o AC Milan chegar ao intervalo a vencer por 3-0 (excelente o golo de Crespo) o Liverpool ainda chegaria ao empate e levaria o desempate para os penaltis.

Nos penaltys foi a vez de Dudek, com a sua “dança” em cima da linha final (apesar de em dois penaltys que defendeu ter saído da linha final antes de o adversário tocar na bola), entregar a taça ao Liverpool, vinte anos depois.