À 2ª Jornada

Neste momento todos os grupos estão com as 2 primeiras jornadas completas e podem ser ditas algumas coisas:

– Portugal tem algumas boas hipóteses de chegar longe neste Mundial. Ainda não vi nenhuma equipa que pareça inalcançável à equipa portuguesa, embora tenha sido conveniente para escrever este parágrafo que não tenha podido ver nem o Argentina – Sérvia e Montenegro nem o respectivo resumo.

– Mesmo assim a Argentina só joga com 11.

– A exibição mais excitante que vi até agora foi a do Gana frente à República Checa.

– Mantorras está muito longe de ser o jogador que era antes da lesão mas mesmo assim é trinta vezes melhor que Akwá. Edson também devia ser titular.

– Muitos golos de levantar estádios. Esta bola é boa para o espectáculo.

Peseiro

Obviamente que desejo que Peseiro fique muito tempo ao comando do Sporting, mas isso não me impede de achar muito estranho que ele ainda lá continue. E mais estranho que a SAD leonina não o despedir é Peseiro ainda não ter colocado o seu lugar à disposição, o que só mostra que o treinador do Sporting vive, neste momento, num mundo de ilusão.

Jornada 25 em poucas palavras

O Porto começou a jornada goleando o Belenenses por 4-1. Coisa pouca. A Académica deu-lhes 5 e a jogar fora. O Sporting resolveu o jogo contra o Beira-Mar em 10 minutos e depois encostou-se. O Benfica venceu sem grande chama o Gil Vicente. A Briosa podia ter ganho ao Nacional mas o ataque madeirense não deixou.

Jornada Europeia

Acabaram por não correr tão bem as coisas como se esperava.

O Porto ganhou e bem ao Partizan. A passagem aos oitavos de final já está garantida e a viagem a Madrid pode ser encarada sem grandes pressões (nenhumas até). O segundo lugar está garantido e o primeiro lugar está longe já que seria preciso um resultado melhor que 1-3 e a jogar fora contra a “galáxia” isso é muito difícil.

O Benfica, frente ao Molde, jogou o suficiente para passar depois de quase ter resolvido a eliminatória no Estádio da Luz. Não era preciso jogar muito e não se jogou muito. Foi um jogo calmo e não surpreende que assim tenha sido. A eliminatória estava quase decidida e a única coisa que podia incomodar era o golo fora do Molde, assunto esse que ficou resolvido aos 30’. Depois disso ainda se marcou um segundo golo e aí já nada havia a fazer por parte dos noruegueses. A próxima eliminatória já deve ser mais complicada.

Finalmente, o Sporting que foi surpreendido em casa pelos turcos do Gencer-não-das-quantas. Um resultado surpresa porque me parece que o Sporting tinha equipa para os turcos. Os dois últimos golos dos turcos parecem-me mal sofridos (apesar de num deles ter ficado por marcar um fora-de-jogo) e isso em alta competição paga-se caro.

Fim-de-semana de bola

Fim-de-semana de bola. Começou a selecção sub-21 por perder um jogo que podia ter ganho. Ninguém me convence que a nossa selecção de esperanças não tem um plantel de fazer inveja a muitas selecções A por esse mundo fora (se calhar até à portuguesa). As coisas não correram bem e frente a uma selecção que também é muito forte naturalmente surgiu a derrota. Vai ser difícil a recuperação a jogar fora mas penso que temos valor para isso.

Já os seniores (só) conseguiram um empate frente à selecção grega (aquela que relegou a Espanha para os play-offs). Portugal não jogou mal, talvez ainda se esteja longe do desejado mas neste jogo os portugueses já conseguiram criar algumas boas ocasiões de golo. Só falta concretizá-las.

E por fim o Porto, que ganhou 2-0 ao Barcelona B. Não posso fazer grandes comentários porque não tive oportunidade de ver o jogo. É mais um estádio para o Euro 2004. Toda a gente diz que o estádio é bonito, a mim parece-me que… é arejado.