Parecemos uns meninos

O discurso não serve de nada quando dentro do campo parecemos uns meninos a jogar. Mais uma vez, uma perda de bola a meio campo resultou num golo sofrido e depois, juntando-lhe uma expulsão desnecessária, num jogo perdido.

Claro que também faltou meio-campo. Ter Aimar e Carlos Martins pode ser interessante para jogos do campeonato mas a este nível pede-se mais capacidade de segurar o adversário.

As contas ainda não estão muito complicadas, já que agora os jogos contra os candidatos à passagem são no Estádio da Luz, mas sem aumentar os níveis de jogo e de concentração não vai dar. Passamos para o Liga Europa e já não nos podemos queixar muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *