Antevisão da final da Taça da Liga

A Taça da Liga tem um formato parvo. Não tem de longe o prestígio que têm o Campeonato e a Taça de Portugal. Tem uns regulamentos que são uma lástima.

É, contudo, uma competição em que estavam inscritos à partida os principais rivais do Benfica. Apesar de tudo o que se diz sobre clubes-empresa, o principal negócio do Benfica é competir com os rivais (seja no futebol seja noutras modalidades), e é por isso que a final de hoje contra o Sporting, e especialmente por ser contra o Sporting, é um jogo importante.

Queria dizer isto antes do jogo para não ser acusado de analisar a competição só depois de saber o resultado final. Repito, o jogo é importante e é para ganhar.

PS: Sobre a situação de Quique Flores em caso de derrota ou vitória, a minha posição é clara. O que o Benfica tem feito nos último anos, despedir treinadores (e mudar de estratégia) ao primeiro sinal de dificuldades,  já se viu que não dá resultado. Quique Flores e Rui Costa devem continuar, na próxima época, o trabalho que iniciaram nesta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *