Difícil mas…

Eu diria que o grupo do Benfica é mais chato do que difícil. Teria sido bom evitar as idas à Turquia e à Grécia. Conseguiu evitar apenas uma delas, recebendo o Galatasaray mas ficando ainda a complicada visita ao campo do Olympiacos (este sistema de grupos da Taça UEFA é uma parvoíce).

O jogo teoricamente mais fácil fica para o fim o que pode ser útil caso o apuramento ainda não esteja garantido. Nenhum dos três primeiros adversários é fácil mas todos, em condições normais, estão ao alcance do Benfica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *